Arquidiocese do Rio de Janeiro

32º 24º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 19/11/2017

19 de Novembro de 2017

Papa supera os 22 milhões de seguidores no Twitter

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

19 de Novembro de 2017

Papa supera os 22 milhões de seguidores no Twitter

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

15/07/2015 15:40 - Atualizado em 15/07/2015 15:40
Por: Rádio Vaticano

Papa supera os 22 milhões de seguidores no Twitter 0

Papa supera os 22 milhões de seguidores no Twitter / Arqrio

A conta @Pontifex, em suas nove línguas, superou nesta quarta-feira, 15 de julho, a marca dos 22 milhões de followers, depois de 42 dias de distância do dia em que os seguidores do Papa superaram os 21 milhões. A informação é do blog vaticano Il Sismografo.

Durante a viagem do Santo Padre na América Latina, a média dos novos followers a cada dia cresceu consideravelmente de 20 a 29 mil. As três línguas mais populares conectadas à conta do Papa no Twitter continuam sendo o espanhol (9.347.116 seguidores), o inglês (6.586.373) e o italiano (2.912.635).

Papa Francisco, então, junto com o presidente dos EUA confirmam os dados coletados pelo ‘Twiplomacy’ no dia 24 de março deste ano, como líderes globais mais seguidos no Twitter. O estudo foi divulgado no final de abril, depois da identificação de 669 contas na rede social de chefes de Estado e de Governo, ministros e instituições de 166 países do mundo. O Twiplomacy, da consultoria Burson-Marsteller, analisa os perfis de cada líder, a história de cada tuíte e suas conexões entre eles.

Segundo o estudo, Obama tem mais seguidores, mas o Papa Francisco é o mais influente, sobretudo, pelo maior número de retuítes. Os dados ainda revelaram que, dos países do G7, apenas a chanceler alemã, Angela Merkel, não possui uma conta pessoal. Dos 193 membros da ONU, 85% dos países estão no Twitter, sendo que 70% dos chefes de Estado possuem contas pessoais na rede social.

Foto: EPA

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.