Arquidiocese do Rio de Janeiro

36º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 12/12/2018

12 de Dezembro de 2018

A oração de Francisco diante do Santo Sudário

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

12 de Dezembro de 2018

A oração de Francisco diante do Santo Sudário

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

21/06/2015 11:54 - Atualizado em 21/06/2015 11:54
Por: Rádio Vaticano

A oração de Francisco diante do Santo Sudário 0

A oração de Francisco diante do Santo Sudário / Arqrio

Na manhã deste domingo, 21 de junho, o Papa Francisco chegou a Turim, na sua sexta viagem pastoral em território italiano. Após a chegada ao Aeroporto de Caselle, Francisco encontrou o mundo do trabalho, seu primeiro compromisso oficial. Após, dirigiu-se à Catedral de Turim, onde chegou por volta das 9h15min, para um dos momentos mais esperados da viagem, a oração diante do Sudário.

O Santo Padre deteve-se em profunda oração silenciosa diante do Sudário por mais de 5 minutos. Após, aproximou-se da teca exposta atrás do altar, tocando o vidro que protege o manto sagrado.

Em seguida, o Papa parou por alguns instantes diante do túmulo do Beato Piergiorgio Frassati, proclamado por João Paulo II como protetor da Jornada Mundial da Juventude. Na Catedral estavam presentes autoridades religiosas, monjas de clausura e sacerdotes, além de alguns parentes do Beato Frassati.

Ao final da visita, que durou cerca de 20 minutos, o Pontífice dirigiu-se de Papamóvel até a Praça Vitório, para a celebração da Missa e a oração do Ângelus com os milhares de fieis que transformaram a cidade piemontesa em uma “grande basílica a céu aberto”. Durante o trajeto, Bergoglio fez várias paradas, saudando doentes e crianças.

Anteriormente, o Papa Bento XVI havia visitado o Santo Sudário em 2012, enquanto São João Paulo II o fez em 1998, quando o chamou de “Espelho do Evangelho”, por ajudar a compreender e meditar a Paixão de Jesus.

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.