Arquidiocese do Rio de Janeiro

26º 11º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 20/07/2019

20 de Julho de 2019

No Twitter, Papa pede o Espírito Santo para os cristãos perseguidos

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

20 de Julho de 2019

No Twitter, Papa pede o Espírito Santo para os cristãos perseguidos

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

23/05/2015 09:25 - Atualizado em 23/05/2015 09:31
Por: Rádio Vaticano

No Twitter, Papa pede o Espírito Santo para os cristãos perseguidos 0

temp_titletwitter_Papa_23052015092922O Papa Francisco lançou um tweet, nesta sexta-feira, 22, na sua conta @Pontifex com uma mensagem de oração para os cristãos perseguidos: “Senhor, mandai o Espírito Santo para dar consolação e fortaleza aos cristãos perseguidos”.

No tweet, o Pontífice rtambém utilizou a hashtag "‘#free2pray", isto é, “livres para rezar” que representa o lema da campanha lançada pela Conferência Episcopal Italiana (CEI), para a Vigília de Pentecostes a ser realizada, na noite deste sábado, na dioceses da Itália, mas está se difundindo em todo o mundo.. De acordo com a CEI, este pode ser um um grande gesto de oração a Deus e de proximidade com os irmãos e as irmãs perseguidos pela sua fé em Cristo. Calcula-se que ao menos 150 milhões de cristãos, em todo o mundo, sofrem violências ou discriminações. 

Na audiência geral da última quarta-feira, 20, o Santo Padre convidou os fiéis a recordar a todos que são exilados ou mortos pelo simples fato de serem cristãos. "São mártires!” – afirmou – desejando que este momento de oração “faça crescer a consciência de que a liberdade religiosa é um direito humano inalienável, aumente a sensibilização sobre o drama dos cristãos perseguidos e que tenha fim este crime inaceitável”.

A Vigília de Pentecostes proposta pelos bispos italianos, mas realizada também em diversas partes do mundo, precede a Missa de Pentecostes a ser presidida pelo Papa Francisco, na Basílica de São Pedro, no próximo domingo, 24, a partir das 9h55min, hora local. A cerimônia será transmitida, com comentários em português, a partir das 4h55min, horário de Brasília.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.