Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 15º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 27/05/2019

27 de Maio de 2019

Francisco leva consolação aos presidiários de Nápoles

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

27 de Maio de 2019

Francisco leva consolação aos presidiários de Nápoles

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

21/03/2015 00:00 - Atualizado em 23/03/2015 09:08
Por: Rádio Vaticano

Francisco leva consolação aos presidiários de Nápoles 0

temp_titleANSA765061_Articolo_23032015090747Ao término da Santa Missa, celebrada no final da manhã deste sábado (21/03), na Praça do Plebiscito, em Nápoles, o Papa foi a Poggioreale, para uma visita à Penitenciária “Giuseppe Salvia”, onde almoçou com alguns presidiários.

O Papa respondeu às duas perguntas, uma sobre como será possível manter a fé quando o encarcerado receber a liberdade e, outra, sobre como encontrar acolhimento fora dos muros da prisão.

Levantar-se

Ao refletir sobre a primeira questão colocada por Claudio Fabian Astorga, o Papa recordou que ele encontrou a fé dentro da prisão, onde esta recebe muitos cuidados. Como será lá fora? "Não se sabe", disse Francisco, ao citar uma canção folclória dos Alpes que diz: 'A arte de se levantar não é o não cair e sim o não permanecer caído".

Acolhida

Ao fazer considerações sobre a segunda pergunta, feita por Pasquale, Francisco disse que nenhum de nós tem o direito de não esquecer um pessoa que pagou, que pediu perdão à sociedade. "Mas isto, a sociedade não apresende. E não será fácil. Mas não desanimem", exortou Francisco.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.