Arquidiocese do Rio de Janeiro

36º 24º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 12/12/2018

12 de Dezembro de 2018

Decapitações: Papa manifesta "profundo e triste sentimento"

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

12 de Dezembro de 2018

Decapitações: Papa manifesta "profundo e triste sentimento"

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

16/02/2015 16:24 - Atualizado em 16/02/2015 16:28
Por: Rádio Vaticano

Decapitações: Papa manifesta "profundo e triste sentimento" 0

Decapitações: Papa manifesta

A decapitação de mais de 20 cristãos provocou no Papa um “profundo e triste sentimento”.

Em audiência aos representantes da Igreja da Escócia, falando sobre ecumenismo, Francisco recorreu à sua língua materna para expressar a sua comoção:

“Hoje, pude ler sobre a execução daqueles 21, 22 cristãos coptas. Diziam somente: “Jesus ajude-me”. Foram assassinados pelo simples fato de serem cristãos. O sangue dos nossos irmãos cristãos é um testemunho que clama. Sejam católicos, ortodoxos, coptas, luteranos, não importa: são cristãos! E o sangue é o mesmo. O sangue confessa Cristo. Recordando esses irmãos que morreram pelo simples fato de confessar Cristo, peço que nos encorajemos uns aos outros para prosseguir neste ecumenismo, que está encorajando o ecumenismo de sangue. Os mártires são de todos os cristãos”.

O vídeo mostrando a decapitação em massa de reféns cristãos coptas foi divulgado por militantes na Líbia, que alegaram fazer parte do grupo Estado Islâmico.

O vídeo, divulgado neste domingo,  15 de fevereiro, mostra vários homens vestidos com macacões laranja sendo conduzidos ao longo de uma praia, cada um acompanhado por um militante mascarado. Os homens são obrigados a se ajoelhar e, em seguida, um militante vestido diferente dos outros, fala para a câmera em inglês. Logo em seguida os reféns são colocados com o rosto virado para baixo e decapitados simultaneamente.

Ecumenismo

A delegação da Igreja da Escócia (Reformada) era liderada pelo Moderador John P. Chalmers. Em seu discurso, o Papa declarou-se satisfeito com as boas relações entre as duas Igrejas, recordando que no mundo globalizado e frequentemente desorientado, um testemunho cristão comum é um requisito necessário para que os esforços de evangelização seja incisivos.

“Somos peregrinos e juntos peregrinamos”, disse Francisco, que ressaltou que somente unindo forças será possível enfrentar os desafios do mundo contemporâneo.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.