Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 15º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 27/05/2019

27 de Maio de 2019

O encontro 'virtual' do Papa com estudantes do mundo

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

27 de Maio de 2019

O encontro 'virtual' do Papa com estudantes do mundo

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

05/02/2015 10:51 - Atualizado em 05/02/2015 10:51
Por: Rádio Vaticano

O encontro 'virtual' do Papa com estudantes do mundo 0

Nesta quinta-feira, 05, o Papa Francisco se conecta ao vivo para compartilhar experiências com estudantes com deficiências intelectuais ou físicas de países como o Brasil, Estados Unidos, Espanha e Índia.

Quase seis meses depois do primeiro encontro virtual de Francisco com jovens participantes das Scholas Ocurrentes, o Papa volta a conversar através de um aplicativo de troca de mensagens, e o encontro poderá ser acompanhado por pessoas de todo o mundo através do YouTube.

Desde segunda-feira, 02, a associação ‘Scholas Ocurrentes’ está reunida no Vaticano no seu IV Congresso Mundial, com o tema "Responsabilidade social-educativa. Uma responsabilidade de todos". A ‘Scholas’ é uma rede internacional que une estudantes de todo o mundo ao redor de um programa educativo baseado na arte, no esporte e na tecnologia, e foi criada pelo então Arcebispo de Buenos Aires, Jorge Bergoglio.

A associação lançou em setembro de 2014 uma plataforma colaborativa, a "scholas.social", que vai ser uma ferramenta para que as escolas e instituições educacionais associadas "analisem juntas os problemas e busquem soluções concretas".

No ‘encontro’ da tarde de quinta-feira, encerrando o Congresso, o Papa terá uma ‘conversa virtual’ com cinco jovens estudantes com deficiências de diferentes continentes, na qual compartilharão experiências e problemas nos âmbitos educacional e social.

Como informam os organizadores da iniciativa, “não haverá roteiro nem limite para a conversa. Todos falam e o Papa responde. Isso tem valor e potencial muito fortes. O desafio é criar pontes que integrem todas as religiões e aproveitar o potencial de Francisco como alguém que pode integrar todos”.

A plataforma social já conta com 400 mil escolas dos cinco continentes, com uma média de 500 alunos em cada uma. "Com a tecnologia, é possível superar muros e construir pontes", afirmou o diretor do projeto, José María del Corral, referindo-se aos casos dos jovens selecionados para a conversa, como autismo, ausência de um dos membros ou cegueira.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.