Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 15º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 27/05/2019

27 de Maio de 2019

Plenária do Pontifício Conselho para os Leigos será dedicada à pastoral urbana

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

27 de Maio de 2019

Plenária do Pontifício Conselho para os Leigos será dedicada à pastoral urbana

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

04/02/2015 09:20 - Atualizado em 04/02/2015 09:20
Por: Rádio Vaticano

Plenária do Pontifício Conselho para os Leigos será dedicada à pastoral urbana 0

“Encontrar Deus no coração da cidade – cenário de evangelização para o terceiro milênio” será o tema da 27ª plenária do Pontifício Conselho para os Leigos, a ser realizada de 5 a 7 de fevereiro, e concluída com uma audiência com o Papa Francisco.

O encontro – explica uma nota do dicastério – pretende refletir em particular sobre a questão da urbanização, fenômeno que desperta "um crescente interesse no magistério ordinário da Igreja", a partir de Paulo VI até o Papa Francisco que, como Arcebispo de Buenos Aires, havia dedicado ao tema um importante evento, publicado posteriormente no livro “Deus na cidade”. “Para o Pontífice – prossegue a nota – a pastoral urbana é central”, tanto que referências a ela são encontradas na Exortação Apostólica Evangelii gaudium (n. 71-75).

A cidade moderna coloca Deus no banco reserva, mas o homem tem sede de Deus

“Segundo a ONU, desde 2007 – continua a mensagem do Dicastério – a população urbana superou a rural e em 2050 mais de 70% da população mundial viverá em centros urbanos”. Trata-se de “um fenômeno sem precedentes na história da humanidade”, que para a Igreja representa um Kairós, uma hora da graça, pré-anúncio de ricas pontencialidades, mas ao mesmo tempo, uma fonte de questões críticas e de desafios”. Neste sentido, a Plenária quer olhar para “este complexo e gigantesco processo com os olhos da fé”, pois se, aparentemente, “a cidade moderna e secularizada, paga pelo seu bem-estar e pelas suas conquistas tecnólogicas, parece ter definitivamente colocado Deus “no banco de reservas” e reduzido a fé a um mero fato privado”. Mas na realidade “no coração de muitos homens e mulheres da cidade, nunca se abrandou a busca de um sentido, a sede de Deus”.

Olhar às periferias existenciais para ser Igreja “em saída”

O olhar dos participantes da Assembléia, naturalmente, será dirigido também às numerosas “periferias geográficas e existenciais” que “sacodem a Igreja e a impelem, hoje mais do que nunca, na direção de uma conversão missionária e pastoral para que torne-se uma Igreja em saída, habitada por uma salutar inquietude por Deus e pelo homem”.

Rico e articulado programa da Plenária

Na abertura dos trabalhos na quinta-feira dia 5 de fevereiro, às 9h15, o Presidente do dicastério, Cardeal Stanislaw Rylko, apresentará um relatório introdutivo sobre a história e a atividade do organismo vaticano. Os dias seguintes contemplam pronunciamentos do Arcebispo de Manila, Cardeal Luis Antonio Tagle, que na sexta-feira, 6 de fevereiro, às 9h15, falará sobre “A sede de Deus nos desertos urbanos. Evangelizar um povo em busca de uma identidade”.

No mesmo dia, na parte da tarde, está programada uma mesa redonda sobre o tema “Dar uma alma à cidade: o sentido e o prazer de ser povo” e da qual tomarão parte, entre outros, os fundadores das Comunidades “Novos Horizontes” e “Santo Egídio”, Chiara Amirante e Andrea Riccardi, respectivamente.

No sábado, 7 de fevereiro, será o momento dos testemunhos sobre “missão na cidade”. Já às 11h30, a audiência com o Papa Francisco, no Vaticano. Na parte da tarde o relatório do Secretário do Dicastério, Dom Josef Clemens, que fará um balanço e apresentará propostas para o futuro. Os trabalhos serão concluídos às 19 horas, com a celebração eucarística.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.