Arquidiocese do Rio de Janeiro

27º 18º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 20/05/2019

20 de Maio de 2019

Papa deve ser ouvido por todos, diz líder muçulmano

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

20 de Maio de 2019

Papa deve ser ouvido por todos, diz líder muçulmano

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

02/01/2015 12:31 - Atualizado em 02/01/2015 12:31
Por: Rádio Vaticano

Papa deve ser ouvido por todos, diz líder muçulmano 0

Papa deve ser ouvido por todos, diz líder muçulmano / Arqrio

Os esforços do Papa Francisco pela paz e o bem da humanidade devem ser ouvidos e apoiados por todos os seres humanos, sem distinção de religião ou credo. No específico, convido os meus irmãos e fiéis muçulmanos a ouvir e a compreender as palavras do Pontífice: devem ser seguidas se quisermos vencer o terrorismo". Foi o que declarou o Chefe do Conselho dos Imames das Filipinas, Ebra M. Moxsir al-Haj, na entrevista televisiva ao programa "Know the Truth”, que foi ao ar neste primeiro dia do ano de 2015, por ocasião da visita que o Papa realizará ao país.

O líder islâmico, que também é capelão das Forças Nacionais de Polícia, destacou a importância de "dar boas-vindas sinceras ao Pontífice e apoiar os seus apelos pela cooperação inter-religiosa. Francisco - declarou ele - nos impele a caracterizar as relações entre as religiões na sinceridade e  na boa vontade. Este é o único caminho para a paz. Eu apoio com força a sua posição contra o extremismo, que não se deterá diante de nada se não diante da paz entre as religiões".

Segundo Moxsir al-Haj, "os bons cristãos e os bons muçulmanos querem a paz e a coexistência. Neste sentido, é muito importante o papel da educação, sobretudo religiosa: se os nossos irmãos e as nossas irmãs são bem educados na própria fé, então não são tentados pelos extremistas religiosos".

O Papa Francisco estará na Ásia de 12 a 19 de janeiro de 2015, começando sua Visita Apostólica pelo Sri Lanka, seguindo após para as Filipinas. 

 

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.