Arquidiocese do Rio de Janeiro

33º 19º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 12/11/2018

12 de Novembro de 2018

Novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

12 de Novembro de 2018

Novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

19/09/2014 10:45 - Atualizado em 19/09/2014 10:47
Por: Gisele Barros (giselebarros@testemunhodefe.com.br)

Novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 0

O cardeal arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, esteve presente na última reunião do Conselho Episcopal de Pastoral (Consep), em Brasília, colaborando na elaboração das novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (Dgae).

O texto das novas diretrizes deve ser apresentado e votado na próxima assembleia geral dos bispos, em 2015, quando termina o mandato da atual presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

As novas diretrizes, explicou Dom Orani, não terão características distantes das vigentes. Serão mantidas as mesmas, porém adaptadas às novas exigências, situações e desafios dos dias de hoje, para que sirvam de inspiração aos planos de pastoral das dioceses.

“As diretrizes ainda em vigor têm muitos aspectos importantes, que precisam apenas ser atualizados”, afirmou.

Os participantes da reunião, conhecida como ampliada, já que não contou apenas com a presença de membros do Consep, tiveram a oportunidade de partilhar e apresentar sugestões.

“O esquema em geral permanece quase sempre o mesmo. Como começamos um estudo agora, leva tempo para aprofundar, discutir e escutar as várias sugestões. Não podemos saber se tudo vai continuar como está, mas ao menos tivemos a oportunidade de discutir sobre o tema das atuais diretrizes, como melhorá-las e adaptá-las aos desafios de hoje”, declarou Dom Orani.


 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.