Arquidiocese do Rio de Janeiro

37º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 16/12/2018

16 de Dezembro de 2018

Onu denuncia "limpeza étnica e religiosa" no Iraque

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

16 de Dezembro de 2018

Onu denuncia "limpeza étnica e religiosa" no Iraque

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

26/08/2014 11:50 - Atualizado em 26/08/2014 11:57
Por: Rádio Vaticano

Onu denuncia "limpeza étnica e religiosa" no Iraque 0

A Alta Comissária das Nações Unidas para os direitos humanos, Navi Pillay, denunciou nesta segunda-feira, dia 25 de agosto, em Genebra, na Suíça, que o que está ocorrendo no Iraque por obra dos rebeldes sunitas do Estado islâmico e de grupos a eles ligados constitui limpeza étnica e religiosa.

A Alta Comissária, que no final deste mês concluirá seu mandato, disse que todos os dias, no País do Golfo, são cometidas "graves e horríveis violações dos direitos humanos", acrescentando que "homens, mulheres e crianças" são tomados como alvo "em função de sua pertença étnica religiosa ou sectária".

Trata-se de perseguições que poderiam constituir crimes contra a humanidade, disse ainda a jurista sul-africana. Pillay citou, ainda, casos de conversões forçadas, sequestros, abusos sexuais, escravidão, além da destruição de importantes espaços religiosos e culturais, exortando a comunidade internacional a providenciar que "os autores destes crimes odiosos não fiquem impunes".

Notícias destas últimas horas dão conta da morte de onze pessoas e o ferimento de mais de trinta num atentado suicida contra uma mesquita xiita ao leste de Bagdá; um ataque que se registra a distância de três dias do que atingiu uma mesquita sunita ao nordeste da capital, provocando a morte de ao menos setenta pessoas. 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.