Arquidiocese do Rio de Janeiro

36º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 12/12/2018

12 de Dezembro de 2018

Veemente apelo do Papa Francisco em favor dos cristãos perseguidos no Iraque

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

12 de Dezembro de 2018

Veemente apelo do Papa Francisco em favor dos cristãos perseguidos no Iraque

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

07/08/2014 16:41 - Atualizado em 07/08/2014 16:44
Por: Rádio Vaticano

Veemente apelo do Papa Francisco em favor dos cristãos perseguidos no Iraque 0

temp_title1_0_818116_07082014162525

Os cristãos estão em fuga do Iraque. Os jihadistas do auto-proclamado ‘califado islâmico’ expulsam das cidades conquistadas quem não se converte ao Islão. Desesperada a situação dos refugiados. “O Santo Padre acompanha com viva preocupação as dramáticas notícias que chegam do norte do Iraque sobre uma população indefesa. Particularmente atingidas as comunidades cristãs: é um povo em fuga dos próprios povoados devido à violência que nestes dias está assolando e conturbando a região” - palavras do Padre Federico Lombardi, Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, ao referir-se na manhã desta quinta-feira à reação do Papa Francisco às últimas notícias que chegam da Planície de Nínive.

O Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, Cardeal Fernando Filoni, declarou à Agência Fides que “os cristãos tiveram que abandonar tudo e foram forçados a seguir, mesmo descalços, em direção ao Curdistão. A situação – continua o Cardeal – é desesperante, pois em Irbil, capital do Curdistão, não existe a intenção de acolhê-los, porque não sabem como hospedar estes milhares de pessoas”.

O Padre Lombardi recordou que no Angelus de 20 de julho o Santo Padre, com profunda dor, já se tinha referido à situação vivida pelos cristãos perseguidos, especialmente no Iraque. Foram estas as declarações do Padre Lombardi:

“À luz dos angustiantes acontecimentos, o Santo Padre renova a sua proximidade a todos os que estão atravessando esta dolorosa provação e une-se aos veementes apelos dos bispos locais, pedindo, juntamente com eles, pelas suas comunidades atribuladas, que surja incessante de toda a Igreja uma prece para invocar do Espírito Santo o dom da paz.”

“Sua Santidade dirige também o seu forte apelo à Comunidade Internacional, para que tome medidas que ponham um fim ao drama humanitário em curso, e aja para proteger quem sofre violências e para assegurar as ajudas necessárias, sobretudo, àqueles mais urgentes, e a tantos os desalojados, cuja sorte depende da solidariedade dos outros.” 

O Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, recordou mais uma vez as palavras pronunciadas pelo Papa Francisco no Angelus de 20 de julho, quando fez um apelo à consciência de todos: “que o Deus da paz suscite em todos um autêntico desejo de diálogo e de reconciliação. A violência não se vence com a violência. A violência vence-se com a paz! Rezemos em silêncio, pedindo a paz; todos, em silêncio….Maria Rainha da Paz, roga por nós!”.




Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.