Arquidiocese do Rio de Janeiro

27º 20º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 18/06/2019

18 de Junho de 2019

Dom Orani toma posse de sua Igreja em Roma

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

18 de Junho de 2019

Dom Orani toma posse de sua Igreja em Roma

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

12/04/2014 00:00 - Atualizado em 15/04/2014 16:13
Por: Carlos Moioli (moioli@arquidiocese.org.br)

Dom Orani toma posse de sua Igreja em Roma 0

Dom Orani toma posse de sua Igreja em Roma / Arqrio

O arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, é o novo cardeal titular da Paróquia Santa Maria Mãe da Providência, situada no bairro de Monteverde, em Roma.

“O título que recebi é uma dádiva. A Providência de Deus e a proteção de Maria têm acompanhado a minha vida e o meu ministério. Tantas providências me faz confiar ainda mais e bendizer ao Senhor. De maneira especial, vimos o quanto Deus fez durante a Jornada Mundial da Juventude Rio2013. É um sinal que a Providência nunca faltou, e não faltará, para todos aqueles que confiam no Senhor”, destacou o cardeal.

A celebração de posse, realizada neste sábado, 12 de abril, com início às 18h30 (horário local), foi marcada com a presença de peregrinos brasileiros e de voluntários internacionais, que trabalharam na JMJ no Rio.

Presente de Deus

De acordo com o rito, logo no início, Dom Orani aspergiu o povo com água benta, beijou o crucifixo e rezou em silêncio diante do Santíssimo Sacramento.

Depois da acolhida calorosa do pároco local, padre Alberto Orlando, foi apresentado aos fiéis o brasão de Dom Orani e o brasão do Papa Francisco.

“A celebração foi um presente de Deus. Além de ver nossos nomes registrados na história da paróquia, de participar da alegria do nosso arcebispo e de sentir a universalidade da Igreja, foi marcante verificar com que simpatia, carinho e amabilidade o povo acolheu Dom Orani. Pareciam que eram paroquianos de longa data”, destacou o padre Arnaldo Rodrigues, que atualmente reside em Roma para estudos.

Título cardinalício

Também foi lida a provisão, a mesma que Dom Orani recebeu do Papa Francisco no Consistório do dia 22 de fevereiro, quando foi criado cardeal.

Como membro do clero de Roma, segundo a tradição, agora Dom Orani tem o direito de escolher o seu bispo, isto é, o Santo Padre, num eventual conclave.

Uma ata da celebração de posse foi feita pelo cerimoniário pontifício, monsenhor Vincenzo Peroni, constando a assinatura do cardeal titular e de muitas testemunhas.

Dom Orani concelebrou com sacerdotes da arquidiocese e com os bispos auxiliares Dom Paulo Cezar Costa, Dom Antonio Augusto Dias Duarte e Dom Roque Costa Souza.

Entre as autoridades, o embaixador brasileiro junto à Santa Sé, Denis Fontes de Souza Pinto, sua esposa, e o ministro da Embaixada, Silvio Garcia.

temp_titleParoquia_Santa_Maria_Mae_Providencia_7_13042014205018Mãe da Providência

O título presbiteral de Santa Maria Mãe da Providência, concedido a Dom Orani por causa de seu cardinalato, está ligado a uma paróquia instaurada em 1937, cuja sede possuiu o título homônimo, no bairro de Monteverde, nos arredores de Roma.

O título presbiteral para essa sede foi instituído pelo Papa Paulo VI em 29 de abril de 1969. O primeiro título foi concedido ao arcebispo de São João, de Porto Rico, Cardeal Luis Aponte Martinez (1922-2012), e agora, pela segunda vez, a Dom Orani.

“A paróquia designada não é uma igreja histórica, das mais antigas, mas tem uma ação paroquial marcada pela vida missionária e caritativa, bem ao estilo de Dom Orani. A celebração foi simples e acolhedora. Seguiu-se o protocolo, mas foi com a participação da comunidade O pároco também é uma pessoa simples e acolhedora. Deixou-nos a impressão de ser um pastor no meio de seu povo”, considerou o coordenador arquidiocesano de Pastoral, monsenhor Joel  Portella Amado.


Anúncio do Evangelho

Na homilia, proferida em italiano, Dom Orani refletiu as leituras da liturgia do Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor, destacando o mistério de amor do servo sofredor ‘que amou os seus até o fim’.

“Ao abraçar a cruz, Jesus abraçou nossos limites, nossas dores e os nossos inimigos - o pecado e a morte. O poder de Deus se manifestou em vitória com a sua ressurreição. Que grande presente o Senhor nos concedeu”, disse o cardeal.

Refletiu ainda sobre a realidade atual, marcada por situações de angústia e muitos tipos de morte, com consequências desastrosas. Porém, animou a todos para não se afastar de Deus e dos irmãos,  apesar do perigo da mudança radical das culturas, das tendências dominantes e das lutas internas contra o pecado.

“A experiência do sofrimento nos encoraja a enfrentar a vida sem medo. Jesus deu início a uma nova era para nós. Depois da cruz e da morte, vem à alegria da vida plena. Jesus não teve reservas em assumir sua missão, assim como não devemos nos abater diante do sofrimento e das dificuldades da vida”, pontuou Dom Orani.

Símbolos da JMJ

A posse de Dom Orani foi ainda marcada, conforme ele recordou na celebração, do trigésimo aniversário da entrega da Cruz do Jubileu da Redenção aos jovens. O ato simbólico de João Paulo II impulsionou a peregrinação da juventude por todos os continentes. 

Nessa semana, juntamente com uma comitiva do Rio de Janeiro, Dom Orani participou do encontro dos delegados internacionais da JMJ, promovido pelo Pontifício Conselho para os Leigos. Além de vir para testemunhar os frutos da JMJ realizada no Rio, em 2013, veio para entregar os símbolos, a Cruz e o ícone de Nossa Senhora, para a comitiva da Polônia, onde vai acontecer a próxima Jornada, em 2016.

Fotos: Padre Jefferson Merighetti



Fotos: Carlos Moioli

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.