Arquidiocese do Rio de Janeiro

37º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 16/12/2018

16 de Dezembro de 2018

Campanha da Cáritas Internacional "Pão para Todos" faz primeiro balanço

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

16 de Dezembro de 2018

Campanha da Cáritas Internacional "Pão para Todos" faz primeiro balanço

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

09/04/2014 18:15
Por: Rádio Vaticano

Campanha da Cáritas Internacional "Pão para Todos" faz primeiro balanço 0

Campanha da Cáritas Internacional

Na Assembleia Geral do ano passado, a Cáritas Internacional, que reúne as Cáritas de 164 países, decidiu lançar uma campanha contra a pobreza. Criou então um grupo de trabalho com pessoas de todos os continentes para projetar a campanha. O grupo chegou à conclusão de que uma das problemáticas mais importantes ligadas à pobreza é a fome: mais de 850 milhões de pessoas passam fome no mundo. Em dezembro de 2013 foi lançada a campanha “Uma só Família Humana, Pão para Todos”.

Convicta de que acabar com a fome é possível, como aliás tem recordado o Papa Francisco e antes dele o Papa Bento XVI, o grupo decidiu centrar essa campanha sobre a questão da fome. Alguns membros desse grupo estiveram reunidos nos primeiros três dias deste mês em Roma para uma primeira avaliação.

Cristina dos Anjos, Diretora da Cáritas do Brasil, fazia parte do grupo. Ela traçou um paralelo com a campanha governamental "Fome Zero" no Brasil, que deu óptimos resultados, e falou das relações entre a Caritas Brasil e as Caritas dos Países africanos de língua portuguesa.

“A avaliação é de que está sendo bem interessante. O trabalho tem sido assumido não só pela Cáritas, mas pelos países. Envolvendo não só a igreja católica, mas outras igrejas.”

No Brasil, de acordo com Cristina, a Cáritas já está dialogando com a Conferência Episcopal e com a FAO sobre a campanha. Estão ainda preparando um material que vai servir para uma mobilização no Brasil. “Queremos não só falar de números, mas escutar as comunidades, como elas percebem a pobreza, a desigualdade no País, qual é a realidade que elas percebem no Brasil”.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.