Arquidiocese do Rio de Janeiro

33º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 08/12/2019

08 de Dezembro de 2019

Um padroeiro que desperta emoção

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

08 de Dezembro de 2019

Um padroeiro que desperta emoção

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

15/01/2014 12:28 - Atualizado em 23/01/2014 18:16
Por: Jéssica Pinheiro (jessica@testemunhodefe.com.br) e Nathalia Cardoso (nathalia@testemunhodefe.com.br)

Um padroeiro que desperta emoção 0

temp_titleEvernote_Camera_Roll_20140115_085143_15012014125721Despertando emoção por onde passa, a imagem missionária do padroeiro da cidade continuou na manhã desta quarta-feira, dia 15 de janeiro, o seu nono dia de visitas. Guiada pelo arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, a comitiva da Trezena de São Sebastião fez sua primeira parada na Capela Nossa Senhora das Dores, da Residência São Tiago Apóstolo, conhecida como Recreio dos Anciãos, na Usina.

Acolhida com fogos e pétalas de rosas, a imagem do mártir foi recebida pela madre superiora, Irmã Francisca Teresa, e pela Irmã Luisa Maura que fazem parte da Congregação das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada, que cuidam da casa de idosos.

Um santo ardente em caridade

No local, Dom Orani presidiu uma celebração eucarística concelebrada pelo padre Ricardo Pereira Calvo, pároco da Nossa Senhora da Conceição, na Tijuca, que parabenizou o arcebispo pelo cardinalato.

“Um dos sentimentos que vem ao meu coração é que a cidade toda se sente nomeada. Fico feliz por me sentir participante nesse momento importante para a Igreja do Rio de Janeiro”, disse Dom Orani em agradecimento às palmas festivas.

temp_title1016539_500480003403981_1555845979_n_15012014131354Participante da capela e moradora da região, Marinalva Raimunda dos Santos disse estar muito emocionada com a passagem da Trezena:

“É uma alegria receber Dom Orani, mensageiro da caridade, trazendo para nós a imagem de São Sebastião. Só temos que agradecer”, afirmou.


Um recomeço com a intercessão do padroeiro

Acompanhada pelo vigário episcopal do Vicariato Norte, padre Cláudio dos Santos, e pelo pároco da Igreja de Sant'Ana, padre José Laudares, a imagem seguiu para a Capela de São Sebastião, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, na Chácara do Céu, na Comunidade do Borel, onde foi carregada pelo padre Fábio Luiz de Souza, responsável pela capela.

Diante das diversas dificuldades enfrentadas pela cidade do Rio de Janeiro, os fieis da comunidade ficaram alguns anos sem ter um templo, já que a Capela fica no prédio da Associação de Moradores local.

Maria Ivani do Nascimento, paroquiana que acompanha a capela desde os anos difíceis, hoje conta a luta que todos enfrentaram para garantir a concessão do espaço:

“Não foi fácil. Hoje não tenho palavras por estar aqui e receber São Sebastião sem nenhum empecilho”, declarou ela, ressaltando que chegou ao local às 6h.

Conhecedor da realidade local, padre Cláudio também falou sobre a nova e abençoada fase que a comunidade vive:

temp_titlephoto_15012014131802“O recomeço é uma alegria intensa no coração, não só dos que aqui residem, mas de todos os fiéis do Vicariato Norte. Olhar para tudo nos faz sentir que vale a pena continuar a obra de Deus à exemplo de são Sebastião, sinal de amor, esperança e caridade para todos”, completou ele.

Seguindo para a última parada da manhã, na Capela São Sebastião, também no Borel, animados fiéis receberam a imagem com bolas brancas e vermelhas, fogos e flores. Com brados de “Viva São Sebastião”, o padre Fábio Eduardo Pinto, da Paróquia São Camilo, na Usina, da qual a capela faz parte, conduziu a imagem.


temp_titleBorel_15012014125910Durante a celebração, o arcebispo explicou sobre a importância das imagens:

“A imagem nos recorda que seguimos Jesus Cristo, e a imagem de São Sebastião é um exemplo para nós”, frisou ele, acrescentando que os católicos não adoram imagens.

Catequista da capela, a jovem de 18 anos, Joseilda Reis Vieira, leu uma mensagem de agradecimento em nome da comunidade. Em sua fala, ela agradeceu pela visita que a arquidiocese realiza todos os anos na comunidade e declara suas motivações:

“O que me motiva são os jovens e as crianças. A fé deles e a força que Deus me dá, me fazem estar sempre alegre”, finaliza ela.

>>> Confira a programação da Trezena de São Sebastião 2014

9º DIA – 15 DE JANEIRO – QUARTA

14h – Visita ao Hospital da PMERJ

15h30 – Visita ao Hospital da VOT S. Francisco, Tijuca

16h45 – Visita à Capela São José, na Vila Mimosa

Fotos Galerias: Gustavo de Oliveira

Recreio dos Anciãos



Capela de São Sebastião, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, na Chácara do Céu


Capela São Sebastião, da Paróquia São Camilo, no Borel

Leia também:

Testemunho e exemplo na Trezena

São Sebastião leva esperança ao Hospital Central do Exército


Comunidades terapêuticas recebem imagem peregrina de São Sebastião

"Eles percebem que não estão sozinhos. A Igreja está com eles"

Uma manhã de júbilo para a Arquidiocese do Rio

Trezena de São Sebastião: tarde de graças no Vicariato Oeste

No quinto dia da Trezena, sol não desanima devotos

Imagem missionária chega ao Vicariato Oeste

Semprine: “Espero que essa bênção possa iluminar a Polícia Federal a fazer um trabalho ainda melhor"

Imagem peregrina de São Sebastião visita a Ilha de Paquetá

“Eu creio que minha vida vai mudar, pela intercessão de São Sebastião”

Imagem missionária de São Sebastião é acolhida na Ilha do Governador

"A caridade que trazemos no coração faz bem ao próximo"

Baixe os materiais da Trezena de São Sebastião 2014

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.