Arquidiocese do Rio de Janeiro

28º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 17/11/2019

17 de Novembro de 2019

Comunidades terapêuticas recebem imagem peregrina de São Sebastião

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

17 de Novembro de 2019

Comunidades terapêuticas recebem imagem peregrina de São Sebastião

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

13/01/2014 13:18 - Atualizado em 23/01/2014 16:58
Por: Igor Marques (igor@testemunho.com.br) e Nathalia Cardoso (nathalia@testemunhodefe.com.br)

Comunidades terapêuticas recebem imagem peregrina de São Sebastião 0

Comunidades terapêuticas recebem imagem peregrina de São Sebastião / Arqrio

No final da manhã deste dia 13 de janeiro, a comitiva e a imagem de São Sebastião visitaram a Penitenciária Feminina Talavera Bruce, a Comunidade Terapêutica Santa Maria Madalena, da Comunidade Shalom, e a Comunidade Terapêutica Maranathá, ambos em Bangu. O último local visitado foi a Igreja Nossa Senhora da Conceição, em Realengo.

Na Penitenciária Talavera Bruce, a celebração aconteceu na capela. Muitas das detentas esperavam no local com seus filhos. Por esse motivo, o bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio Dom Nelson Francelino Ferreira, que conduziu as celebrações pela manhã, convidou-as para ficarem ao lado da imagem com as crianças e fez uma prece pelo dom da maternidade. Explanou também sobre a chance de restaurar e recomeçar a vida.

Andréia Oliveira, a diretora da unidade, falou sobre a alegria das detentas por participarem da Trezena de São Sebastião e demais ações da Igreja. Segundo a diretora, elas se sentem motivadas e a comunidade carcerária fica grata pelo prestigio e por fazer parte de momentos como esse. E ressaltou ainda a importância da espiritualidade na vida destas pessoas.

“Nós temos nos baseado em quatro pilares: educação continuada, ensino profissionalizante, resgate da auto-estima e inserção da atividade religiosa como instrumento de transformação. Nós cremos que o encontro com Deus é um elemento transformador na vida dessas internas”, afirmou ela.

>>> "Eles percebem que não estão sozinhos. A Igreja está com eles"

O assessor eclesiástico da Pastoral Carcerária, padre Walnei de Moura Antunes, também falou sobre o trabalho de evangelização que é feito com as internas, através do acolhimento do pedido do Santo Padre de ir às periferias da existência e acolher os que lá se encontram.

“Nós fazemos aqui um trabalho de evangelização para trazer ânimo a essas meninas, fazê-las perceber que a Igreja encontra-se com elas e trazer a elas o coração de Deus”, afirmou ele.

Após a celebração, foi oferecido à comitiva um lanche, preparado pelas internas, que aprendem o ofício de cozinheiras e, com isso, abastecem as unidades penitenciárias da região de Bangu.

Comunidades que acolhem

temp_titleIMG_20140113_WA0037_13012014132402Na Comunidade Terapêutica Santa Maria Madalena, da Comunidade Católica Shalom, a celebração também aconteceu na capela, onde Monsenhor Luiz Artur, vigário episcopal do Vicariato Oeste agradeceu a acolhida.

O padre Josué Modesto, pároco da Igreja Nossa Senhora da Conceição e Santo Antônio, em Campo Grande, que faz assistência religiosa com os internos, explicou o trabalho de resgate que a Comunidade realiza. “Aqui há uma experiência de reencontro consigo através do encontro com Cristo. E ser de Cristo é ser Igreja. Eles vão percebendo pouco a pouco que não estão sozinhos, que existe uma grande família à qual são convidados a integrar”, afirmou.

Segundo ele, o resgate dos internos é feito através de alguns passos, que são galgados através da participação em palestras, encontros com psicólogos, rotina de cuidar do sítio, aprendizado sobre a fé, entre outras atividades.

 Maranathá

temp_titleIMG_20140113_WA0051_13012014132405

A monitora interna da Comunidade Terapêutica Maranathá, Karla Machado do Nascimento Silva, recebeu e conduziu a imagem até o local da celebração. Dom Nelson, mais uma vez, colocou a Igreja junto aos internos através de palavras de conforto.

“Com a imagem de São Sebastião, trazemos até vocês o carinho da Arquidiocese, da Igreja. Temos certeza de que as páginas não edificantes ficaram para trás, é a oportunidade de recomeçar”, incentivou.

Ele falou também sobre a importância de acolher o pedido do Papa e ir às periferias da existência. “O importante para nós é que nesse período de nossa cidade é ameaçada por todos os lados pela droga, a dependência química, é a expressão maior das feridas e do sofrimento de nossa sociedade. E chegar com São Sebastião nesses lugares é apresentar a todas essas pessoas que vivem essa dependência e lutam pra sair dela, o carinho de Deus, a ternura da Igreja, a atenção que o Papa pede para todos nos: ir a essas periferias. E não tenho dúvida de que a imagem de São Sebastião traz conforto, esperança, comunhão a todos eles nesse processo”, afirmou.

Monsenhor Gustavo Auler, responsável pela Pastoral para a Pessoa em Situação de Rua, ressaltou a importância da solidariedade para com o outro e entregou, como gesto simbólico pelo ano da caridade, uma bolsa com mantimentos doados pelo Vicariato Episcopal para a Caridade Social à Comunidade Terapêutica.

temp_titleIMG_20140113_WA0054_13012014132407

A visita despertou a atenção de moradores da região que, ao encontrarem as portas da comunidade abertas, aceitaram o convite e entraram para participar da celebração.

Na Igreja Nossa Senhora da Conceição, São Sebastião foi conduzido ao interior por uma senhora que passava pela rua e parou para rezar junto à imagem. Dom Nelson presidiu a celebração e agradeceu a Deus pela graça que a Arquidiocese recebeu com a nomeação do arcebispo, Dom Orani Tempesta, para cardeal.

“Mais uma vez a Igreja Arquidiocesana recebe um carinho do Santo Padre, desta vez na pessoa do cardeal nomeado, Dom Orani. É um presente para a Igreja!”, exclamou ele.



(Fotos: Adam Lopes e Guilherme Silva)





>>> Confira a programação da Trezena de São Sebastião 2014


Leia também: 

Uma manhã de júbilo para a Arquidiocese do Rio

Trezena de São Sebastião: tarde de graças no Vicariato Oeste

No quinto dia da Trezena, sol não desanima devotos

Imagem missionária chega ao Vicariato Oeste

Semprine: “Espero que essa bênção possa iluminar a Polícia Federal a fazer um trabalho ainda melhor"

Imagem peregrina de São Sebastião visita a Ilha de Paquetá

“Eu creio que minha vida vai mudar, pela intercessão de São Sebastião”

Imagem missionária de São Sebastião é acolhida na Ilha do Governador

"A caridade que trazemos no coração faz bem ao próximo"

Baixe os materiais da Trezena de São Sebastião 2014

Fotos Galerias: Guilherme Silva

Unidade Penitenciária Talavera Bruce



Casa de Recuperação Santa Maria Madalena (Shalom)


Maranathá Masculino


Igreja Nossa Senhora da Conceição





Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.