Arquidiocese do Rio de Janeiro

33º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 08/12/2019

08 de Dezembro de 2019

No quinto dia da Trezena, sol não desanima devotos

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

08 de Dezembro de 2019

No quinto dia da Trezena, sol não desanima devotos

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

11/01/2014 14:27 - Atualizado em 12/01/2014 00:53
Por: Nathalia Cardoso (nathalia@testemunhodefe.com.br) e Fabíola Goulart (fabiolagoulart@testemunhodefe.c

No quinto dia da Trezena, sol não desanima devotos 0

No quinto dia da Trezena, sol não desanima devotos / Arqrio

O ensolarado sábado não desanimou os devotos de São Sebastião neste quinto dia da Trezena do padroeiro. Durante toda a manhã, a comitiva que conduz a imagem missionária pela cidade do Rio de Janeiro chegou ao Vicariato Oeste, em paróquias e capelas dedicadas a São Sebastião.

Fizeram parte da comitiva desta manhã o padre José Laudares, vigário episcopal do Vicariato Urbano, padre Marcus Vinicius Antunes da Trindade, pároco da Paróquia São Pedro, em Pedra de Guaratiba, e o monsenhor Luiz Artur Marques de Barros Falcão, vigário episcopal do Vicariato Oeste.

O primeiro lugar visitado pela comitiva foi a Paróquia São Sebastião, na Vila Militar. Para o pároco, padre Uyraja Lucas Mota Diniz, que recebeu a imagem, a passagem da imagem peregrina é um ato de renovação da vocação militar dos fiéis: “Olhando para um militar canonizado pela Santa Igreja os militares sentem em seu coração um renovado ardor para seguir Jesus Cristo, para ser também fieis a Ele como foi São Sebastião”.

Segundo ele, também é marcante a visita do arcebispo na paróquia militar. “A passagem do arcebispo entre nós é um sinal da graça de Deus, suas palavras de profunda esperança, de grande incentivo e de caridade animam a nossa comunidade a prosseguir no caminho da evangelização da nossa cidade do Rio de Janeiro.”

Missa do Rio Celebra em Bangutemp_titleIMG_20140111_WA0037_11012014111602

A comitiva seguiu para a igreja São Sebastião e Santa Cecília, em Bangu, quando iniciou as visitas no Vicariato Oeste. Ao chegar, os fiéis se emocionaram com a imagem e a presença do arcebispo. Muitos tiraram fotos, fizeram orações e aproveitaram para trocar algumas palavras do Dom Orani antes da Missa, chamada “O Rio Celebra”, transmitida todos os sábados de manhã pela Rede Vida de Televisão, TV Nazaré, Rádio Catedral e WebTV Redentor.

>>> Imagem missionária chega ao Vicariato Oeste

Na homilia, o arcebispo enfatizou o período que a Igreja vive neste fim de semana, de encerramento do Tempo do Natal, com o olhar sobre o exemplo de João Batista no anúncio do Jesus, e de como esse caminho também foi vivenciado por São Sebastião. O padroeiro, segundo o arcebispo, testemunhou com a sua própria vida o desejo de São João Batista: que Jesus cresça e eu diminua.

"A verdadeira devoção aos santos vem do fato de que, quando olhamos sua vida, percebemos a ação de Deus na vida deles. Na trezena, somo chamados, através do exemplo do nosso padroeiro, a darmos testemunho do amor de Deus", declarou Dom Orani. “Quem deve ser olhado é Jesus Cristo, aquele que a quem São João seguiu, que São Sebastião seguiu, e que nós devemos seguir e fazer com que apareça”. 

Festa para receber o santo padroeiro

temp_title1557428_498599426925372_331802236_n_11012014141802O sol, já bastante forte, não desanimou os devotos na acolhida da comitiva no bairro de Santíssimo para celebração em um terreno onde será construída a Capela São Sebastião e São Jorge, da Paróquia Coração Eucarístico de Jesus.

A comunidade, que se reúne na quadra de um centro educacional local, recebe pela terceira vez a Trezena, mas desta vez a celebração teve um sentido especial, pois foi realizada no terreno da futura capela.

A moradora do bairro Gelsa Barbosa Siqueira enfrentou o dia quente para encontrar a comitiva no local. Seu marido e neta a acompanhavam na ocasião festiva. O que a trouxe? “A fé em Deus, a devoção a São Sebastião e a vontade de acolher bem todos que estão chegando na nossa comunidade”, respondeu ela.

Em Inhoaíba, fogos de artifício e gritos de alegria recepcionavam a comitiva que chegava à Capela São Sebastião, na Paróquia Santa Sofia. A igreja estava toda enfeitada e o estilo indiano da decoração denunciava a nacionalidade do pároco, Parampathu Kuriakose Kuncheryia, ou, como conhecido, padre Tiago Parapamthu.

temp_title1601337_498624750256173_1547740495_n_11012014141807

A paroquiana Marli Marins de Carvalho confirmou a homenagem ao montar a decoração, que também é uma forma de demonstrar sua gratidão a Deus e a intercessão de São Sebastião por uma graça alcançada. “Todo ano viemos aqui na capela e preparamos tudo. Mas esse ano foi realmente especial. Fiz uma cirurgia na coluna e pedi demais a ele. Tenho muito que agradecer”, explicou.

Pela saúde debilitada do pároco, o paroquiano José Miguel do Nascimento recebeu a imagem e a levou até o presbitério da igreja. Logo no início, o monsenhor Luiz Artur já colocava em oração a saúde do sacerdote.

“Hoje vamos nos comprometer, em frente a Dom Orani, a levar adiante o projeto de 2014: de viver o Ano da Caridade. Fomos bem preparados pela Missão Popular. Agora, daremos uma prova concreta, que é a prática da caridade. Que, a exemplo de Dom Orani, possamos ir ao encontro das pessoas", declarou o vigário episcopal do Vicariato Oeste.

Uma imagem curiosa

A imagem do padroeiro que está na capela de Inhoaíba é coberta de curiosidades. Segundo padre Tiago, a imagem de madeira e feita à mão foi trazida da Índia. Ela é uma réplica de uma imagem de São Sebastião que viajou no mundo inteiro no século V, vinda da Itália, e que ficou “presa” na Índia, demonstrando seu desejo de não mais sair do país, onde está até hoje em uma capela para veneração. Outra curiosidade é que São Sebastião é retratado com uma das flechas em sua cabeça, significando ao fiel o grau de seu sofrimento e dor no martírio.


(Fotos: Adam Lopes e Nathalia Cardoso)

Leia também:

Semprine: “Espero que essa bênção possa iluminar a Polícia Federal a fazer um trabalho ainda melhor"

Quarto dia da Trezena é iniciado com homenagens na Baía de Guanabara

Imagem peregrina de São Sebastião visita a Ilha de Paquetá

“Eu creio que minha vida vai mudar, pela intercessão de São Sebastião”

São Sebastião: mártir da fé e da caridade

Imagem missionária de São Sebastião é acolhida na Ilha do Governador

"A caridade que trazemos no coração faz bem ao próximo"

Programação da Trezena de São Sebastião 2014

Baixe os materiais da Trezena de São Sebastião 2014


Fotos Galerias: Gustavo de Oliveira

Terreno da Capela São Sebastião em Santíssimo



Capela São Sebastião Inhoaíba



Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.