Arquidiocese do Rio de Janeiro

33º 18º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 26/09/2020

26 de Setembro de 2020

Dom Orani: “Queremos criar na cidade do Rio de Janeiro um clima favorável para a difusão do amor”

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

26 de Setembro de 2020

Dom Orani: “Queremos criar na cidade do Rio de Janeiro um clima favorável para a difusão do amor”

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

08/01/2014 10:05 - Atualizado em 21/01/2014 17:49
Por: Bruno Tortorella e Igor Marques

Dom Orani: “Queremos criar na cidade do Rio de Janeiro um clima favorável para a difusão do amor” 0

Dom Orani: “Queremos criar na cidade do Rio de Janeiro um clima favorável para a difusão do amor” / Arqrio

O segundo dia da Trezena de São Sebastião começou com uma visita à Capela Nossa Senhora das Graças, do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), Zona Norte do Rio. A Imagem foi recepcionada pelo Vigário Episcopal do Vicariato Urbano, padre José Laudares, pelo capelão do HFB, padre Antônio Amorim, e pelos diáconos Sérgio Catão, coordenador arquidiocesano da Pastoral da Saúde, e Vicente Freitas, responsável pela Pastoral da Saúde local, além de membros da Pastoral da Saúde da Paróquia Nossa Senhora do Bonsucesso de Inhaúma.

Em seguida, a imagem do padroeiro da arquidiocese e da cidade do Rio de Janeiro passou no meio de funcionários e pacientes, deixando um rastro de confiança e fé. Na celebração missionária, no interior da capela, o arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, sustentou que o cristão deve fazer a diferença, indo ao encontro dos marginalizados da sociedade. Ele frisou ainda a prática da caridade, tema central do Ano Arquidiocesano e lema da Trezena deste ano: “Se eu não tiver caridade, de nada adianta” (1Cor 13,3).


“Pedimos ao Senhor os dons necessários para bem viver. Ainda mais nesse ano voltado para a temática da caridade. Nessa missão de evangelizar nos hospitais, contamos com a Pastoral da Saúde, que é uma presença direta de Cristo na vida dos irmãos. É chegada a hora de incrementar os trabalhos sociais da arquidiocese e, com amor, ir ao encontro do outro. Queremos criar na cidade do Rio de Janeiro um clima favorável para a difusão do amor”, incentivou.


Em seguida, o arcebispo do Rio visitou enfermarias, andou pela ala pediátrica e a UTI Neo-Natal, cumprimentou funcionários, conversou e abençoou os pacientes, levando-os o alento da Igreja que se faz solidária e unida na dor de seus filhos. Ao final da visita, Dom Orani retornou a capela do hospital para uma bênção aos presentes.

Após a visita ao Hospital Geral de Bonsucesso, a comitiva da Trezena se dirigiu ao Instituto de Pedriatria e Puericultura Martagão Gesteira (Hospital Pediátrico da UFRJ). A última parada da manhã será na Paróquia Nossa Senhora do Loreto, na Ilha do Governador.

>>> Veja a programação completa


Leia também:

Santa Missa marca início da Trezena de São Sebastião

Transformando corações e vidas das pessoas com exemplos, palavras e ações


Imagem peregrina de São Sebastião leva esperança aos pacientes do INCA

Trezena de São Sebastião abre Ano da Caridade

Baixe os materiais da Trezena de São Sebastião 2014

Fotos da galeria: Guilherme Silva


Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.