Arquidiocese do Rio de Janeiro

38º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 14/12/2018

14 de Dezembro de 2018

Círio de Nazaré é declarado Patrimônio imaterial da Humanidade pela Unesco

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

14 de Dezembro de 2018

Círio de Nazaré é declarado Patrimônio imaterial da Humanidade pela Unesco

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

04/12/2013 18:14 - Atualizado em 04/12/2013 19:39
Por: Da Redação

Círio de Nazaré é declarado Patrimônio imaterial da Humanidade pela Unesco 0

Círio de Nazaré é declarado Patrimônio imaterial da Humanidade pela Unesco / Arqrio

A procissão do Círio de Nazaré na cidade de Belém, no Pará, foi inclusa na lista representativa do Patrimônio Imaterial da Humanidade. Além do evento religioso, foram escolhidas outras 13 representações culturais. Foram inclusas também a peregrinação anual ao mausoléu de Sidi Abd el Kader Ben Mohammed, na Argélia, a pesca de camarão a cavalo em Oostduinkerke, Bélgica, o canto ritual Sankirtana, da Índia e a dieta mediterrânea. A lista é da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O Círio de Nazaré homenageia Nossa Senhora de Nazaré e é uma das maiores procissões religiosas do mundo. Esta celebração ocorre no segundo domingo de outubro e leva a imagem da virgem Maria desde a catedral até a praça do Santuário de Nazaré. Muitas pessoas partem de todo o Brasil para participar, o que reflete o caráter multicultural da sociedade brasileira.

De acordo com informações da Unesco, a Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade serve para aumentar a conscientização sobre o patrimônio imaterial e reconhecer as tradições das comunidades e know-how que refletem a sua diversidade cultural. A lista não atribui ou reconhece qualquer padrão de excelência ou exclusividade.

A Dieta Mediterrânea, representa Chipre, Croácia, Espanha, Grécia, Itália, Marrocos e Portugal, "compreende", acrescenta o texto, um conjunto de conhecimentos relacionados com os cultivos e colheitas agrícolas. A lista conta ainda com os conhecimentos e práticas vinculados à música do "imzad" das comunidades tuaregues da Argélia, o Mali e Níger; e a arte tradicional de tecer o "jamdani", um tipo de tecido fabricado à mão por artesãos da região de Daca em Bangladesh.


Fonte: Unesco

Fotos: Carlos Moioli e Gustavo de Oliveira

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.