Arquidiocese do Rio de Janeiro

33º 19º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 12/11/2018

12 de Novembro de 2018

CNBB avalia atividades da Igreja neste ano

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

12 de Novembro de 2018

CNBB avalia atividades da Igreja neste ano

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

28/11/2013 18:01
Por: Imprensa CNBB

CNBB avalia atividades da Igreja neste ano 0

CNBB avalia atividades da Igreja neste ano / Arqrio

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) apresentou os resultados das reflexões realizadas na reunião do Conselho Episcopal Pastoral (Consep). Os bispos apontaram uma avaliação das atividades da Igreja no Brasil em 2013, marcado por grandes eventos como a visita do Papa Francisco e a Jornada Mundial da Juventude, ocorrida em julho, no Rio de Janeiro, e o Primeiro Encontro da Igreja Católica na Amazônia Legal, realizado em Manaus, no mês de outubro.

O arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno Assis, trouxe um panorama das principais atividades desenvolvidas pela Igreja no Brasil em 2013 e que foram avaliadas pelo Conselho Episcopal Pastoral (Consep), que reúne, além da Presidência da Conferência, os presidentes das Comissões Episcopais.

Durante a coletiva, o arcebispo de São Luís (MA) e vice-presidente da Conferência, dom José Belisário, leu a nota da CNBB divulgada pelo Consep sobre os Povos Indígenas e Agricultores. No texto os bispos alertam que “o momento é crítico e exige urgente e efetiva ação por parte do governo brasileiro em defesa da vida, da justiça e da paz entre indígenas e agricultores no país"

O cardeal Damasceno afirmou que o Conselho Episcopal Pastoral se une “à angústia dos povos indígenas e agricultores diante da inércia do governo federal e dos respectivos governos estaduais em solucionar verdadeira e definitivamente os crescentes conflitos fundiários”.

Outro assunto tratado pelos bispos foi a primeira Exortação Apostólica do papa Francisco, Evangelii gaudium – Alegria do Evangelho, apresentada pelo Vaticano, na terça-feira, 26. Sobre a exortação, dom Damasceno destacou que o papa quer exercer um governo de maneira colegial e em comunhão com os cardeais, bispos, padres, religiosos e com todos aqueles que servem à Igreja.

Campanha da Fraternidade

Na ocasião, o secretário geral, dom Leonardo Steiner, adiantou que a CNBB já está refletindo sobre como irá atuar durante os grandes eventos esportivos no Brasil como a Copa do Mundo e as Olímpiadas. Entre as preocupações estão o tráfico de pessoas e a exploração sexual, temas que serão abordados pela Campanha da Fraternidade 2014.

De acordo com dom Leonardo, a Conferência dos Bispos irá publicar, em fevereiro do próximo ano, um texto de reflexão sobre o tráfico humano. “Essa é uma preocupação de toda a Igreja para que o esporte seja vivido na sua essência. Queremos colaborar sugerindo algumas medidas pastorais para que as pessoas não sejam utilizadas sexualmente ou economicamente”, explicou.

O presidente da CNBB, dom Damasceno, disse que os bispos desejam contribuir na elaboração de medidas para evitar o tráfico de pessoas, como a venda e comercialização de órgãos e prostituição. “É uma chaga terrível em nossa sociedade”, enfatizou o cardeal.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.