Arquidiocese do Rio de Janeiro

38º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 14/12/2018

14 de Dezembro de 2018

Filme conta história do jovem padre Karol Wojtyla

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

14 de Dezembro de 2018

Filme conta história do jovem padre Karol Wojtyla

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

22/10/2013 19:49
Por: Rádio Vaticano

Filme conta história do jovem padre Karol Wojtyla 0

Filme conta história do jovem padre Karol Wojtyla / Arqrio

"Cura Padre Wojtyla em Niegowic": este é o título do filme que conta a vida de Padre Karol na pequena cidade polaca, perto de Cracóvia, para onde foi enviado como vice-pároco no primeiro encargo por ele desempenhado durante pouco mais de um ano, de julho de 1948 a agosto do ano seguinte. O filme foi escrito e dirigido pelo diretor do Vatican Service News, Mons. Jaroslaw Cielecki.

O Karol Wojtyla apresentado no filme é um jovem sacerdote: jovem, mas com os traços distintivos que estarão sempre presentes na sua personalidade. Mons. Cielecki disse-nos qual foi o aspeto de João Paulo II que mais o impressionou:

"Ele sempre quis estar perto das pessoas, fazer-se próximo como se fosse um verdadeiro pai, sempre ia ao encontro. Além do mais, tinha um grande coração. Sempre me impressionou o seguinte: assim que chegou a Niegowic, deram-lhe um travesseiro; no dia seguinte uma casa pegou fogo num vilarejo e foram-lhe dizer que a família atingida pelo incêndio se encontrava em dificuldade. Então ele pegou no travesseiro e disse: "Levem esse travesseiro e amanhã irei visitá-la". No filme vemos essa cena que certamente toca o coração. E também aquele momento muito comovente quando chega ao território da paróquia, com uma mala na mão, ajoelha-se e beija a terra. Beijo este que ele escreveu também no livro 'Dom e mistério': um beijo cujo gesto depois continuou a fazer nos vários países do mundo. Foram muitos os países beijados pelo Santo Padre."

O filme "Cura Padre Wojtyla em Niegowic" foi feito a partir do livro homónimo de autoria de Mons. Cielecki, que no passado trabalhou em estreito contacto com João Paulo II. A esse propósito, o diretor do Vatican Service News confidenciou-nos quais as recordações que traz consigo:

"Tive vários encontros, mas trago particularmente comigo, sempre no coração, o de 1999, quando foi constituído em Itália um Comité internacional e, por ocasião do seu aniversário sacerdotal, fizemos-lhe uma homenagem com uma estátua de bronze de três metros, que o representava como jovem sacerdote. Depois decidi levá-la até a Basílica de São Pedro para mostrá-la ao Santo Padre. Quando me aproximei ele estava diante da estátua olhando para ela e eu disse-lhe: "Santo Padre, quis trazer uma recordação da sua juventude". Ele voltou-se para mim e respondeu-me: "Como recordação da juventude?" Nesse momento pensei ter feito algo que não deveria. Depois olhou para mim e disse-me: "Tu não sabes que sou sempre jovem? Tu deverias dizer não somente hoje, mas também amanhã e sempre: quem ama Jesus e Maria é sempre jovem!"

A viagem na vida de Padre Karol Wojtyla é narrada através das recordações de Eleonora Mardosz, uma mulher de 87 anos que foi quem o auxiliou na paróquia de Niegowic, contando inclusive episódios inéditos sobre a vida quotidiana.

Aparecem no filme também alguns objetos que realmente pertenceram a Karol Wojtyla, como a estola e a túnica que o ator protagonista usa durante a cena do matrimónio gravada na igreja de madeira onde celebrava a eucaristia. Portanto, a obra cinematográfica constitui uma ocasião para conhecer mais de perto João Paulo II, que será proclamado Santo a 27 de abril do próximo ano.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.