Arquidiocese do Rio de Janeiro

38º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 14/12/2018

14 de Dezembro de 2018

JMJ 2016: reunião na Polônia começa a definir calendário do evento

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

14 de Dezembro de 2018

JMJ 2016: reunião na Polônia começa a definir calendário do evento

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

12/09/2013 16:35
Por: Canção Nova

JMJ 2016: reunião na Polônia começa a definir calendário do evento 0

JMJ 2016: reunião na Polônia começa a definir calendário do evento / Arqrio

Os preparativos para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2016 na Cracóvia, Polônia, seguem com reuniões e divisão de tarefas. Nesta semana, em Varsóvia, os representantes das dioceses da Polônia se reuniram para dar início ao calendário do evento. Segundo informou o site oficial da JMJ2016, uma Comissão mista será criada e serão definidos também os setores específicos de organização.

Durante reunião presidida pelo Cardeal Primaz de Cracóvia, Stanislaw Dziwisz, foi apresentado um  relatório sobre a JMJ2013,  no Rio de Janeiro. O documento servirá de apoio para o evento na Polônia.  Participaram também da reunião o prefeito da cidade, Jacek Majchrowski, o presidente do Comitê organizador, Dom. Damian Muskus, sacerdotes da diocese e voluntários.

— Aguardam-nos três anos de muito trabalho pela Igreja que tem o rosto jovem, destacou Dom Damian. 

Os símbolos da JMJ, a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora, chegarão ao país em abril do próximo ano. Cerca de 100 jovens poloneses receberão os símbolos do  Papa Francisco na Praça São Pedro, no domingo de Ramos, 14 de abril. No dia seguinte, começará a peregrinação na cidade de  Poznan. 

A cruz e o Ícone permanecerão  cerca de 20 dias em cada uma das 44 dioceses do país.

— Queremos, durante a peregrinação, evangelizar pelas ruas, chegar aos lugares de sofrimento, nos orfanatos, centros para menores e locais de detenção, afirma  integrante da comissão organizadora, Anna Milewska. 

* Foto: Arquivo 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.