Arquidiocese do Rio de Janeiro

25º 18º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 17/08/2017

17 de Agosto de 2017

Você se antecipa?

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

17 de Agosto de 2017

Você se antecipa?

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

31/07/2015 16:34 - Atualizado em 31/07/2015 16:35

Você se antecipa? 0

31/07/2015 16:34 - Atualizado em 31/07/2015 16:35

Temos tantas necessidades... É isso que geralmente pensamos, não é mesmo? Talvez porque vivamos numa sociedade que nos incita a querer mais... O que existe de complicado nisso é a possibilidade de um contínuo sentimento de insatisfação, apesar de tantas coisas maravilhosas que já possuímos. E o perigo é deixar essa sede de querer sempre mais nos tornar egoístas e, assim, fechados às necessidades das pessoas ao nosso redor.

Penso que já faz parte da nossa prática de cristãos não nos negarmos a quem nos pede ajuda. Mas, na verdade, isso não basta! Há muita gente que precisa de nós e não externa ou verbaliza isso. Por essa razão, também faz parte da nossa missão nos anteciparmos às necessidades dos nossos irmãos. Veja como Jesus agia:

“Levantando os olhos e vendo que uma grande multidão estava vindo ao seu encontro, Jesus disse a Filipe: “Onde vamos comprar pão para que eles possam comer?” (Jo 6,5)

As pessoas ainda estavam distantes de Jesus e ele já se preocupava com o que elas iriam precisar! Ele não esperou nem mesmo que se aproximassem. Já sabia das suas necessidades antes. E nós? Agimos assim com quem está ao nosso redor? Todo aquele que faz uma experiência autêntica com Deus se torna mais atento e disponível aos irmãos. O egoísmo e o indiferentismo não podem ter espaço num coração que ama!

É preciso agir com amor nas coisas simples do cotidiano. Seja no preparo de um jantar para o marido que vai chegar com fome, seja no oferecer ajuda a um colega que está com um prazo apertado para a entrega de um trabalho, seja convidando seus filhos para aquela brincadeira que adoram... Quando nos antecipamos às necessidades dos outros, além do bem que fazemos, recebemos a recompensa maravilhosa de ver aquelas pessoas positivamente surpreendidas e ainda mais felizes. Um olhinho brilhando e um sorriso nos lábios sempre são nossa melhor recompensa!

Ser atento às necessidades do outro faz parte do modo de agir de Jesus. Preciso aprender com Ele a ser assim também. E você? #vamoemfrente

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.

Você se antecipa?

31/07/2015 16:34 - Atualizado em 31/07/2015 16:35

Temos tantas necessidades... É isso que geralmente pensamos, não é mesmo? Talvez porque vivamos numa sociedade que nos incita a querer mais... O que existe de complicado nisso é a possibilidade de um contínuo sentimento de insatisfação, apesar de tantas coisas maravilhosas que já possuímos. E o perigo é deixar essa sede de querer sempre mais nos tornar egoístas e, assim, fechados às necessidades das pessoas ao nosso redor.

Penso que já faz parte da nossa prática de cristãos não nos negarmos a quem nos pede ajuda. Mas, na verdade, isso não basta! Há muita gente que precisa de nós e não externa ou verbaliza isso. Por essa razão, também faz parte da nossa missão nos anteciparmos às necessidades dos nossos irmãos. Veja como Jesus agia:

“Levantando os olhos e vendo que uma grande multidão estava vindo ao seu encontro, Jesus disse a Filipe: “Onde vamos comprar pão para que eles possam comer?” (Jo 6,5)

As pessoas ainda estavam distantes de Jesus e ele já se preocupava com o que elas iriam precisar! Ele não esperou nem mesmo que se aproximassem. Já sabia das suas necessidades antes. E nós? Agimos assim com quem está ao nosso redor? Todo aquele que faz uma experiência autêntica com Deus se torna mais atento e disponível aos irmãos. O egoísmo e o indiferentismo não podem ter espaço num coração que ama!

É preciso agir com amor nas coisas simples do cotidiano. Seja no preparo de um jantar para o marido que vai chegar com fome, seja no oferecer ajuda a um colega que está com um prazo apertado para a entrega de um trabalho, seja convidando seus filhos para aquela brincadeira que adoram... Quando nos antecipamos às necessidades dos outros, além do bem que fazemos, recebemos a recompensa maravilhosa de ver aquelas pessoas positivamente surpreendidas e ainda mais felizes. Um olhinho brilhando e um sorriso nos lábios sempre são nossa melhor recompensa!

Ser atento às necessidades do outro faz parte do modo de agir de Jesus. Preciso aprender com Ele a ser assim também. E você? #vamoemfrente

Padre Omar Raposo
Autor

Padre Omar Raposo

Reitor do Santuário Cristo Redentor