Arquidiocese do Rio de Janeiro

27º 24º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 13/04/2021

13 de Abril de 2021

São José, guardião do Redentor

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

13 de Abril de 2021

São José, guardião do Redentor

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

19/03/2021 13:41

São José, guardião do Redentor 0

19/03/2021 13:41

Celebramos no dia 19 de março o Dia de São José, patrono universal da Igreja Católica e pai adotivo de Jesus. É o Ano de São José. São José é um exemplo para os todos os pais, um exemplo de ternura, de cuidado com seu filho e de chefe da família. O Papa Francisco fala do “coração de pai” com o qual José amou o Filho de Deus e nos ensina também a paternidade neste mundo tão cheio de orfandade.

São José era considerado um homem justo, pois era fiel à religião judaica e passava essa fidelidade para a sua família. Ele é considerado justo, porque não querendo denunciar Maria quando esta fica grávida, e ele sem saber que era por obra do Espírito Santo, ele resolve abandoná-la em segredo. E, após o nascimento de Jesus, ele cumpre todas as obrigações que a religião prescrevia.

Que São José seja um exemplo para todas famílias cristãs e, em especial, a todos os pais, para que, a exemplo desse santo, possam ser fiéis às suas famílias e cumprirem com fidelidade e amor tudo aquilo que a religião cristã nos prescreve. Que todos os pais sejam um exemplo para os seus filhos, no qual esses no futuro possam tê-los como exemplo.

Esse ano de 2021, em especial, toda a Igreja – a convite do Papa Francisco – celebra o Ano de São José. É um ano que somos convidados a refletir na ternura de São José, como nos diz o Papa Francisco na carta apostólica para esse ano. Essa iniciativa do Papa Francisco é para celebrar os 150 anos da declaração do Esposo de Maria como Padroeiro Universal da Igreja Católica. O Papa Francisco convoca o Ano de São José, por meio da carta apostólica "Patris Corde – Com Coração de Pai".

Papa Francisco nos recorda que São José é o pai na ternura, foi obediente à missão que Deus Pai lhe confiou e acolheu consigo, com amor e carinho, Maria e Jesus. São José é o Pai com coragem criativa, trabalhador incansável, ensina o trabalho de carpinteiro a Jesus e com o que ele ganhava de sol a sol com o seu trabalho, sustentava a sua família.

Que todos os pais possam trabalhar de sol a sol e, com o que ganharem por meio do seu trabalho, possam levar o sustento para as suas casas. E que, na medida do possível, os pais possam ensinar para os filhos o ofício que realizam, para que seus filhos possam seguir o seu exemplo. Mesmo que não seja o mesmo ofício, mas que os filhos possam levar adiante o bom exemplo.

Peçamos que São José continue intercedendo pela Igreja e por sua missão de levar adiante a Palavra de Deus. E que São José abençoe todas as famílias, todos os agricultores que sol a sol plantam a semente na terra, para que eles possam colher bons frutos e que seja um ano farto. Que por intercessão de São José, possa amenizar a seca no nosso Nordeste e que não falte alimento e água para as famílias. Que nesse dia, São José abençoe tantos que carregam o seu nome aqui na Terra, os inúmeros “Josés” que são pais de família e lutam para levar o alimento para as suas casas. Que a exemplo desse santo, eles tenham uma vida abençoada.

No Dia de São José, que no calendário cai sempre no período quaresmal, abre-se uma exceção no dia de sua festa, e na liturgia da missa canta-se o hino da glória, que normalmente é omitido na liturgia quaresmal e pode-se nesse dia fazer uma exceção ao jejum. Se a festa cair na Semana Santa, como às vezes pode acontecer, celebra-se a Festa de São José depois da oitava da Páscoa.

Foi por meio do decreto "Quemadmodum Deus", assinado em 8 de dezembro de 1870, que o Papa Pio IX quis dar o título de Patrono da Igreja Católica ao Esposo de Maria, São José. Foi justamente por causa da celebração dessa data que o Romano Pontífice, o Papa Francisco, convocou um ano especial dedicado ao santo. A celebração do Ano de São José iniciou-se em 8 de dezembro de 2020 e vai até 8 de dezembro de 2021.

Por isso, a celebração de São José esse ano está dentro deste ano que deve se estender até o dia 8 de dezembro. E podemos celebrar São José de diversas maneiras nesse ano dedicado a ele. Como por exemplo, todo dia 19 de cada mês motivar a nossa comunidade a celebrar missa em honra a São José; rezar o terço semanalmente em comunidade, pedindo a intercessão de São José. E, ainda, falar de São José e de sua fidelidade à família e à religião para as famílias. O aprofundamento dos tópicos do documento do Papa sobre São José será também muito útil.

Como nos diz o Papa Francisco em sua Carta Apostólica para esse ano dedicado a São José, que ele seja um exemplo para todos os homens. Exemplo de fé, de acolhida e proteção à família, e de trabalhador. Que todos os homens não se desesperem diante dos problemas da vida, mas confiem na providência divina. São José, ainda diz o Papa Francisco, não nasce pai, mas torna-se um, por graça divina.

O Dia dos Pais é celebrado no Brasil em agosto, mas o Dia de São José é um dia muito significativo para lembrarmos de todos os pais e termos a oportunidade para estarmos com eles e agradecê-los por estarem presentes em nossas vidas.

Celebremos com alegria a Festa de São José nesse dia 19 de março e que essa celebração se estenda durante todo esse ano. Que ele abençoe e guarde todas as nossas famílias e que por meio de seu exemplo, todas as famílias sejam fiéis ao evangelho de Cristo.

Amém.

Orani João, Cardeal Tempesta, O. Cist.
Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ



Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.

São José, guardião do Redentor

19/03/2021 13:41

Celebramos no dia 19 de março o Dia de São José, patrono universal da Igreja Católica e pai adotivo de Jesus. É o Ano de São José. São José é um exemplo para os todos os pais, um exemplo de ternura, de cuidado com seu filho e de chefe da família. O Papa Francisco fala do “coração de pai” com o qual José amou o Filho de Deus e nos ensina também a paternidade neste mundo tão cheio de orfandade.

São José era considerado um homem justo, pois era fiel à religião judaica e passava essa fidelidade para a sua família. Ele é considerado justo, porque não querendo denunciar Maria quando esta fica grávida, e ele sem saber que era por obra do Espírito Santo, ele resolve abandoná-la em segredo. E, após o nascimento de Jesus, ele cumpre todas as obrigações que a religião prescrevia.

Que São José seja um exemplo para todas famílias cristãs e, em especial, a todos os pais, para que, a exemplo desse santo, possam ser fiéis às suas famílias e cumprirem com fidelidade e amor tudo aquilo que a religião cristã nos prescreve. Que todos os pais sejam um exemplo para os seus filhos, no qual esses no futuro possam tê-los como exemplo.

Esse ano de 2021, em especial, toda a Igreja – a convite do Papa Francisco – celebra o Ano de São José. É um ano que somos convidados a refletir na ternura de São José, como nos diz o Papa Francisco na carta apostólica para esse ano. Essa iniciativa do Papa Francisco é para celebrar os 150 anos da declaração do Esposo de Maria como Padroeiro Universal da Igreja Católica. O Papa Francisco convoca o Ano de São José, por meio da carta apostólica "Patris Corde – Com Coração de Pai".

Papa Francisco nos recorda que São José é o pai na ternura, foi obediente à missão que Deus Pai lhe confiou e acolheu consigo, com amor e carinho, Maria e Jesus. São José é o Pai com coragem criativa, trabalhador incansável, ensina o trabalho de carpinteiro a Jesus e com o que ele ganhava de sol a sol com o seu trabalho, sustentava a sua família.

Que todos os pais possam trabalhar de sol a sol e, com o que ganharem por meio do seu trabalho, possam levar o sustento para as suas casas. E que, na medida do possível, os pais possam ensinar para os filhos o ofício que realizam, para que seus filhos possam seguir o seu exemplo. Mesmo que não seja o mesmo ofício, mas que os filhos possam levar adiante o bom exemplo.

Peçamos que São José continue intercedendo pela Igreja e por sua missão de levar adiante a Palavra de Deus. E que São José abençoe todas as famílias, todos os agricultores que sol a sol plantam a semente na terra, para que eles possam colher bons frutos e que seja um ano farto. Que por intercessão de São José, possa amenizar a seca no nosso Nordeste e que não falte alimento e água para as famílias. Que nesse dia, São José abençoe tantos que carregam o seu nome aqui na Terra, os inúmeros “Josés” que são pais de família e lutam para levar o alimento para as suas casas. Que a exemplo desse santo, eles tenham uma vida abençoada.

No Dia de São José, que no calendário cai sempre no período quaresmal, abre-se uma exceção no dia de sua festa, e na liturgia da missa canta-se o hino da glória, que normalmente é omitido na liturgia quaresmal e pode-se nesse dia fazer uma exceção ao jejum. Se a festa cair na Semana Santa, como às vezes pode acontecer, celebra-se a Festa de São José depois da oitava da Páscoa.

Foi por meio do decreto "Quemadmodum Deus", assinado em 8 de dezembro de 1870, que o Papa Pio IX quis dar o título de Patrono da Igreja Católica ao Esposo de Maria, São José. Foi justamente por causa da celebração dessa data que o Romano Pontífice, o Papa Francisco, convocou um ano especial dedicado ao santo. A celebração do Ano de São José iniciou-se em 8 de dezembro de 2020 e vai até 8 de dezembro de 2021.

Por isso, a celebração de São José esse ano está dentro deste ano que deve se estender até o dia 8 de dezembro. E podemos celebrar São José de diversas maneiras nesse ano dedicado a ele. Como por exemplo, todo dia 19 de cada mês motivar a nossa comunidade a celebrar missa em honra a São José; rezar o terço semanalmente em comunidade, pedindo a intercessão de São José. E, ainda, falar de São José e de sua fidelidade à família e à religião para as famílias. O aprofundamento dos tópicos do documento do Papa sobre São José será também muito útil.

Como nos diz o Papa Francisco em sua Carta Apostólica para esse ano dedicado a São José, que ele seja um exemplo para todos os homens. Exemplo de fé, de acolhida e proteção à família, e de trabalhador. Que todos os homens não se desesperem diante dos problemas da vida, mas confiem na providência divina. São José, ainda diz o Papa Francisco, não nasce pai, mas torna-se um, por graça divina.

O Dia dos Pais é celebrado no Brasil em agosto, mas o Dia de São José é um dia muito significativo para lembrarmos de todos os pais e termos a oportunidade para estarmos com eles e agradecê-los por estarem presentes em nossas vidas.

Celebremos com alegria a Festa de São José nesse dia 19 de março e que essa celebração se estenda durante todo esse ano. Que ele abençoe e guarde todas as nossas famílias e que por meio de seu exemplo, todas as famílias sejam fiéis ao evangelho de Cristo.

Amém.

Orani João, Cardeal Tempesta, O. Cist.
Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ



Cardeal Orani João Tempesta
Autor

Cardeal Orani João Tempesta

Arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro