Arquidiocese do Rio de Janeiro

26º 19º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 18/08/2018

18 de Agosto de 2018

Amigos para amar

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

18 de Agosto de 2018

Amigos para amar

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

20/07/2017 11:32 - Atualizado em 20/07/2017 11:33

Amigos para amar 0

20/07/2017 11:32 - Atualizado em 20/07/2017 11:33

O homem é um ser que se relaciona e é criado para estar com os outros. Nos relacionamentos humanos, somos presenteados com os verdadeiros amigos, vamos nos conhecendo e nos dando a conhecer. São pessoas que, um dia, entraram em nossa vida, fizeram a diferença e nunca mais saíram dela, pois ajudaram a construir nossa história.

“Chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai” (Jo 15,15). Chamar de amigo demonstra a confiança de partilhar vida e sonhos, dores e lutas, desejos e conquistas. A amizade não cria grupos fechados e exclusivos, ao contrário, é aberta a todos aqueles que se aproximarem.

Talvez você já tenha sofrido muito e, é claro, não quer sofrer novamente. Por isso deixou de amar, para não sofrer. Independentemente dos acontecimentos, é no amor-doação que está a salvação. É preciso reaprender a amar. Quem deflagra o amor dentro de nós somos nós mesmos. Amar é antes de tudo uma decisão.

Problemas existem e abalam o coração, mas não é por isso que você não vai amar. Deus lhe dá a capacidade de amar. O mundo é de quem ama... Ame e perdoe! O perdão é a chave. Perdoe pelas decepções e revoltas causadas por aquele irmão ou irmã que foi injusto com você. Chega desse amor apenas romântico, poético. É preciso dar a vida pelos nossos irmãos.

Jesus disse: “Não há maior prova de amor que dar a vida por seus amigos” (Jo 15,13). Há um movimento lindíssimo, que é internacional, onde as pessoas assumem um compromisso: “eu estou disposto a dar a minha vida por você”. E não é uma brincadeira, da boca para fora.

Eu escolhi um dia responder ao amor de Deus, que me chamava, e me comprometi a “ser tudo para todos”. Tenho me esforçado para cumprir isso, sei que posso e quero melhorar muito a cada dia. Meu irmão, minha irmã, você faz parte dessa amizade tão linda e tão forte que Deus mesmo estabeleceu entre nós.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.

Amigos para amar

20/07/2017 11:32 - Atualizado em 20/07/2017 11:33

O homem é um ser que se relaciona e é criado para estar com os outros. Nos relacionamentos humanos, somos presenteados com os verdadeiros amigos, vamos nos conhecendo e nos dando a conhecer. São pessoas que, um dia, entraram em nossa vida, fizeram a diferença e nunca mais saíram dela, pois ajudaram a construir nossa história.

“Chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai” (Jo 15,15). Chamar de amigo demonstra a confiança de partilhar vida e sonhos, dores e lutas, desejos e conquistas. A amizade não cria grupos fechados e exclusivos, ao contrário, é aberta a todos aqueles que se aproximarem.

Talvez você já tenha sofrido muito e, é claro, não quer sofrer novamente. Por isso deixou de amar, para não sofrer. Independentemente dos acontecimentos, é no amor-doação que está a salvação. É preciso reaprender a amar. Quem deflagra o amor dentro de nós somos nós mesmos. Amar é antes de tudo uma decisão.

Problemas existem e abalam o coração, mas não é por isso que você não vai amar. Deus lhe dá a capacidade de amar. O mundo é de quem ama... Ame e perdoe! O perdão é a chave. Perdoe pelas decepções e revoltas causadas por aquele irmão ou irmã que foi injusto com você. Chega desse amor apenas romântico, poético. É preciso dar a vida pelos nossos irmãos.

Jesus disse: “Não há maior prova de amor que dar a vida por seus amigos” (Jo 15,13). Há um movimento lindíssimo, que é internacional, onde as pessoas assumem um compromisso: “eu estou disposto a dar a minha vida por você”. E não é uma brincadeira, da boca para fora.

Eu escolhi um dia responder ao amor de Deus, que me chamava, e me comprometi a “ser tudo para todos”. Tenho me esforçado para cumprir isso, sei que posso e quero melhorar muito a cada dia. Meu irmão, minha irmã, você faz parte dessa amizade tão linda e tão forte que Deus mesmo estabeleceu entre nós.

Monsenhor Jonas Abib
Autor

Monsenhor Jonas Abib

Fundador da Comunidade Canção Nova e presidente da Fundação João Paulo II