Arquidiocese do Rio de Janeiro

37º 24º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 17/12/2018

17 de Dezembro de 2018

Refúgio e refrigério no Coração de Jesus

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

17 de Dezembro de 2018

Refúgio e refrigério no Coração de Jesus

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

24/04/2017 13:27 - Atualizado em 24/04/2017 13:28

Refúgio e refrigério no Coração de Jesus 0

24/04/2017 13:27 - Atualizado em 24/04/2017 13:28

Temos um Pai que é amor e perdão, misericórdia infinita, que perdoa sempre. O coração aberto de Jesus é o lugar onde podemos nos achegar com toda confiança. Este é o lugar onde todas as nossas aflições, dificuldades e problemas podem ser solucionados. Até as situações mais complicadas, que aos nossos olhos parecem impossíveis, diante do coração de Jesus são solucionadas. 

Olhando os fatos,  parece impossível encontrar uma saída, mas quando nos achegamos com confiança ao trono da graça, ao Sagrado Coração de Jesus, mergulhamos no refrigério e encontramos a paz. 

Muitas vezes, diante de uma dificuldade em nossa vida, em nossa casa, no casamento, no trabalho, na situação financeira, desanimamos diante do problema e nos afastamos de Deus. Não podemos vacilar na fé. Precisamos crer, mesmo diante das grandes dificuldades e tribulações apresentadas pela vida. A esperança não desanima e o tempo de Deus não é semelhante ao nosso. 

Não podemos imaginar quais os meios que Deus usará para intervir em nossa vida. Ele sempre nos surpreende. Não se fixe nas pessoas, não ponha os olhos na situação. Olhe para aquele que ama você e quer lhe trazer a cura! 

Não podemos ficar olhando para nós mesmos. Temos de estar com os olhos voltados para Deus, pois é Ele quem tudo realiza. Sejamos também homens e mulheres de oração. Pela adoração, Deus nos liberta de toda a dependência que nos escraviza, até mesmo de nossas mágoas e ressentimentos. 

O coração de Jesus é o trono da graça, onde podemos depositar a nossa vida. Dele emana o amor de Jesus por nós, que se compadece dos nossos sofrimentos. A presença real de Jesus no Sacramento da Eucaristia é cura e libertação para nossas vidas.

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.

Refúgio e refrigério no Coração de Jesus

24/04/2017 13:27 - Atualizado em 24/04/2017 13:28

Temos um Pai que é amor e perdão, misericórdia infinita, que perdoa sempre. O coração aberto de Jesus é o lugar onde podemos nos achegar com toda confiança. Este é o lugar onde todas as nossas aflições, dificuldades e problemas podem ser solucionados. Até as situações mais complicadas, que aos nossos olhos parecem impossíveis, diante do coração de Jesus são solucionadas. 

Olhando os fatos,  parece impossível encontrar uma saída, mas quando nos achegamos com confiança ao trono da graça, ao Sagrado Coração de Jesus, mergulhamos no refrigério e encontramos a paz. 

Muitas vezes, diante de uma dificuldade em nossa vida, em nossa casa, no casamento, no trabalho, na situação financeira, desanimamos diante do problema e nos afastamos de Deus. Não podemos vacilar na fé. Precisamos crer, mesmo diante das grandes dificuldades e tribulações apresentadas pela vida. A esperança não desanima e o tempo de Deus não é semelhante ao nosso. 

Não podemos imaginar quais os meios que Deus usará para intervir em nossa vida. Ele sempre nos surpreende. Não se fixe nas pessoas, não ponha os olhos na situação. Olhe para aquele que ama você e quer lhe trazer a cura! 

Não podemos ficar olhando para nós mesmos. Temos de estar com os olhos voltados para Deus, pois é Ele quem tudo realiza. Sejamos também homens e mulheres de oração. Pela adoração, Deus nos liberta de toda a dependência que nos escraviza, até mesmo de nossas mágoas e ressentimentos. 

O coração de Jesus é o trono da graça, onde podemos depositar a nossa vida. Dele emana o amor de Jesus por nós, que se compadece dos nossos sofrimentos. A presença real de Jesus no Sacramento da Eucaristia é cura e libertação para nossas vidas.

 

Monsenhor Jonas Abib
Autor

Monsenhor Jonas Abib

Fundador da Comunidade Canção Nova e presidente da Fundação João Paulo II