Arquidiocese do Rio de Janeiro

36º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 14/12/2018

14 de Dezembro de 2018

3º edição do espetáculo Filho de Deus Menino Meu

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

14 de Dezembro de 2018

3º edição do espetáculo Filho de Deus Menino Meu

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

29/12/2014 00:00

3º edição do espetáculo Filho de Deus Menino Meu 0

3º edição do espetáculo Filho de Deus Menino Meu  / Arqrio

A história do Natal ganha estilo em cenário circense, roteiro musical, mas mantém a fidelidade à história do nascimento de Jesus

A terceira edição do espetáculo “Filho de Deus Menino Meu” terá duas apresentações no dia 21 de dezembro, às 16h e 18h30, no Unicirco Marcos Frota, no Parque Quinta da Boa Vista, em São Cristovão. Desde 15 de novembro, as versões reduzidas circulam pelo Rio de Janeiro para divulgar o espetáculo.

São mais de 20 locais do Rio, como shopping centers, praças, faculdades, pontos turísticos, que recebem as versões reduzidas, de 15 de novembro a 29 de dezembro. A apresentação integral terá sessões no dia 21 de dezembro.

O musical “Filho de Deus Menino Meu”, inspirado no livro homônimo de Emmir Nogueira, encena o nascimento de Jesus de forma alegre, jovial e dinâmica. Figurino, cenário e trilha sonora usam expressões de diversas regiões brasileiras tornando nova a história que é contada há mais de 2.000 anos.

O roteiro da apresentação conta a história de uma trupe de andarilhos que encena mundo afora o musical natalino “Filho de Deus Menino Meu”, formando a inusitada performance de um espetáculo dentro do outro, ao melhor estilo mambembe de fazer teatro.

A diretora do espetáculo “Filho de Deus Menino Meu”, Giselle Azevedo, reforça: “A história conta o Nascimento de Jesus treatralizada de forma irreverente, construída por meio da arte circense”.

“O espetáculo é descontraído, com uma bela história desde a Anunciação até o Nascimento, com visita dos Reis Magos, e todos os personagens que já conhecemos”, apontou a diretora. 


Foto: Comunidade Católica Shalom 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.
3º edição do espetáculo Filho de Deus Menino Meu  / Arqrio

3º edição do espetáculo Filho de Deus Menino Meu

29/12/2014 00:00

A história do Natal ganha estilo em cenário circense, roteiro musical, mas mantém a fidelidade à história do nascimento de Jesus

A terceira edição do espetáculo “Filho de Deus Menino Meu” terá duas apresentações no dia 21 de dezembro, às 16h e 18h30, no Unicirco Marcos Frota, no Parque Quinta da Boa Vista, em São Cristovão. Desde 15 de novembro, as versões reduzidas circulam pelo Rio de Janeiro para divulgar o espetáculo.

São mais de 20 locais do Rio, como shopping centers, praças, faculdades, pontos turísticos, que recebem as versões reduzidas, de 15 de novembro a 29 de dezembro. A apresentação integral terá sessões no dia 21 de dezembro.

O musical “Filho de Deus Menino Meu”, inspirado no livro homônimo de Emmir Nogueira, encena o nascimento de Jesus de forma alegre, jovial e dinâmica. Figurino, cenário e trilha sonora usam expressões de diversas regiões brasileiras tornando nova a história que é contada há mais de 2.000 anos.

O roteiro da apresentação conta a história de uma trupe de andarilhos que encena mundo afora o musical natalino “Filho de Deus Menino Meu”, formando a inusitada performance de um espetáculo dentro do outro, ao melhor estilo mambembe de fazer teatro.

A diretora do espetáculo “Filho de Deus Menino Meu”, Giselle Azevedo, reforça: “A história conta o Nascimento de Jesus treatralizada de forma irreverente, construída por meio da arte circense”.

“O espetáculo é descontraído, com uma bela história desde a Anunciação até o Nascimento, com visita dos Reis Magos, e todos os personagens que já conhecemos”, apontou a diretora. 


Foto: Comunidade Católica Shalom